Mestre Sérgio Santos

Matéria na revista Nosso Retiro, de dezembro de 2013 

digitalizar0116

 digitalizar0117  

Sérgio Santos - Professor de Swásthya Yôga

Minha convivência com o Retiro começou nos céus... Voei de asa delta entre 1979 e 1986, cruzando continuamente os ares da região da Serra da Moeda. Pousávamos próximo ao que hoje é a Alameda da Mata. Depois do pouso, quase sempre caminhava por uma trilha até a cachoeira do clube, que tinha somente a queda d´água - sem os poços que foram escavados posteriormente. Na época, o condomínio era pouco arborizado. De vez em quando, eu e meus colegas voadores carregávamos e espalhávamos pelo vento durante o vôo sementes de várias espécies nativas, o que acho contribuiu um pouco para a riqueza da nossa flora e fauna. Quando surgiu o condomínio, comprei um terreno que depois vendi. Passaram-se alguns anos até que adquirisse outro novamente e então construísse minha casa.

Há mais de 30 anos exerço em tempo integral a profissão de professor de Yôga. Atualmente, divido meu trabalho entre minha escola na Savassi e as aulas no Retiro (onde comecei a lecionar neste ano). A principal vantagem de dar aula em casa é a de que tenho como alunos meus vizinhos e amigos, numa maior identificação por compartilhamos do mesmo “habitat”. Por enquanto, a maioria dos condôminos frequenta a respectiva moradia apenas nos finais de semana - embora esteja cada vez mais aumentando o número de residentes fixos. Por isso, minhas turmas em casa ainda são pequenas, mas tudo é questão de tempo, assim como as sementes das árvores que ajudei a plantar quando sobrevoava estes nossos ares!