Mestre Sérgio Santos

Técnicas corporais no Yôga: os ásanas

 

kakasana ThiagoMassi

 

Asana é toda posição firme e agradável (sthira sukham ásanam). Essa é a definição ampla e lacônica do Yôga Sútra, capítulo II, 46. Segundo tal definição o número de ásanas é infinito.

Outra frase, esta atribuída a Shiva, confirma a de Pátañjali: há tantos ásanas quantos seres vivos sobre a Terra.

Outros, porém, limitam o número de ásanas em 84.000, dos quais 840 seriam os mais importantes e, destes, apenas 84 fundamentais. No livro Tratado de Yôga, do Mestre DeRose, relacionamos mais de 2000 ásanas. E a maior compilação já realizada na História do Yôga em todo o mundo.

Mas o que é ásana, afinal? Asana é a técnica corporal que, para muita gente, melhor estereotipa o Yôga. Isso ocorre devido ao fato consagrado de que, dentre todas as técnicas do Yôga, a única fotografável, filmável e demonstrável em público é o ásana. Você poderia fotografar yôganidrá, filmar pránáyáma, ou demonstrar mudrá... mas não teria muita graça para o público leigo, a menos que fossem combinados com os ásanas. Assim, este anga acabou mais conhecido.

Asana é a técnica corporal, sim, mas não exclusivamente corporal. Nada a ver com ginástica, nem com Educação Física. As origens são diferentes, as propostas diferentes e a metodologia é diferente. Por isso, em Yôga não precisamos de muitas coisas que são fundamentais na Educação Física como, por exemplo, o aquecimento muscular. Em Yôga Antigo, não utilizamos o aquecimento muscular antes dos ásanas. Para quem tiver interesse no estudo comparativo do Yôga com a Educação Física e suas distinções, a fim de não repetir aqui explanações já publicadas, recomendamos a leitura do nosso livro Tudo sobre Yôga.

Por economia de palavras, as pessoas costumam refereir-se ao ásana exclusivamente pelo seu prisma corporal. Contudo, a técnica não merece o nome de ásana, a menos que incorpore outros elementos.

Yôga406941 2149670161097 1065714109 n

Se for exercício físico não é Yôga. Asana tem que ter três fatores:

- PROCEDIMENTO ORGÂNICO (POSIÇÃO);

- RESPIRAÇÃO COORDENADA;

- ATITUDE INTERIOR.

procedimento orgânico precisa ser:

- estável;

- confortável;

- estético.

respiração coordenada precisa ser:

- consciente;

- profunda (abdominal e completa);

- pausada (ritmada)

atitude interior precisa ter:

- localização da consciência no corpo;

- mentalização de imagens, cores e sons;

- bháva (profundo sentimento, ou reverência).

REGRAS GERAIS

Conforme já vimos, uma das principais características do Swásthya Yôga são as regras gerais de execução, justamente por constituírem o alicerce da auto-suficiência (swásthya)

Sem as regras gerais o praticante aprenderá apenas aquilo que seu instrutor lhe ensinar e nada mais. Se o instrutor ensinar dez ásanas e disser como respirar em cada um deles, quanto tempo permanecer, quantas vezes repetir, onde localizar a consciência, etc. e, depois disso, instrutor e praticante não puderem mais seguir juntos, o praticante só saberá executar aquelas dez técnicas que lhe foram ensinadas.

Com as regras gerais, nas mesmas circunstâncias, o praticante saberá executar praticamente todos os ásanas e poderá seguir aperfeiçoando-se indefinidamente, mesmo sem ter o instrutor ao seu lado. Por isso, temos discípulos que nunca nos conheceram pessoalmente por residirem em países distantes e, apesar disso, graças às regras gerais, tornaram-se exímios executantes, verdadeiros artistas corporais.

AS OITO REGRAS ATUALMENTE CODIFICADAS SÃO:

- Regras de respiração coordenada, de permanência no ásana, de repetição, de localização da consciência, de mentalização, de ângulo didático, de compensação, e de de segurança.

O Objetivo das regras é facilitar a vida do praticante. Portanto, não se preocupe em decorar regras. Simplesmente, vá aprendendo e executando ao mesmo tempo para entender e incorporar. Depois que automatizar a execução não se preocupe mais com isso. As quatro primeiras regras são suficientes para o iniciante.

Essas regras estão minuciosamente desenvolvidas no livro Tratado de Yôga, esgotado, mas que podem ser aprendidas em sala de aula diretamente com um instrutor de Swásthya.

 

526012 3248887480843 1449920164 n  RenataD-kakásana

 

Vale lembrar que a nossa prática em sala de aula tem oito partes e o ásana é apenas uma dessas partes.

 

Iceberg395113 458179180905648 285367151 n